16/04/2015

Mania de comparação
Mocidade Nova Vida22:15 0 comentários


Todos já devem ter ouvido falar sobre o famoso conto da Branca de neve. Pode parecer que não, mas uma personagem deste conto tem muito em comum com o assunto tratado neste texto, a mania de comparação.

A personagem em questão é a rainha má, que todo dia perguntava ao seu espelho se era a mais bonita do reino, ela não se conformava em ser apenas bonita, mas ela precisa se comparar com a mais bonita, em nenhum momento ela passou a ser feia, mas a comparação com a branca de neve, mesmo assim, era feita.

Um dos fatores que mais interfere na visão que temos de nós mesmos, são as comparações que fazemos entre nós e outras pessoas. Quem nunca se achou inferior em relação à outra pessoa, seja por ela ser mais inteligente, mais bonita, mais extrovertida, mais confiantes e outras milhões de características que nós não possuímos? Quem nunca se comparou com alguém e chegou à conclusão que esse alguém é muito melhor que você, ou até que você é muito melhor que esse alguém? Quem nunca chegou a julgar alguém, tendo como base o fato de merecer mais que esse alguém?

Em minha opinião poucas pessoas nunca passaram por essas situações, isso porque temos uma mania horrível de nos compararmos com outras pessoas, sejam amigos, colegas ou familiares. É necessário entender que cada pessoa habitante desse mundo é única, cada pessoa possui qualidades e defeitos. Ninguém é formado apenas por defeitos ou apenas por qualidades. Você pode não ter a beleza que outra pessoa tem, mas você tem outras dezenas de qualidades. Nós não podemos julgar quem merece mais, ou quem é melhor, esse não é nosso papel. Não fomos feitos para sermos inferiores ou superiores, fomos feitos para adorar a Deus e contagiar pessoas. Então, da próxima vez que nós formos nos comparar com alguém, vamos lembrar que Deus nos conhece desde o ventre de nossas mães, que Ele nos fez diferentes, únicos e cada que um tem sua beleza, independente dela ser física ou não.

"Assim veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
Antes que te formasse no ventre te conheci, e antes que saísses da madre, te santifiquei; às nações te dei por profeta." (Jeremias 1:4-5)

Deus abençoe!


Categoria:

0 comentários

Postar um comentário