28/02/15

Testemunho: Pr. Lucinho

"Minha mãe não fez um pedido pra ela, ela fez um pedido para o mundo!" 


Uma menina chamada Miralda aos 9 anos começou a pedir a Deus que seu primeiro filho, quando o tivesse, fosse homem, tivesse olhos verdes e fosse pastor. Deus ouviu a oração daquela menina, e aos 21 anos, Miralda dá a luz a seu primeiro filho; ele era homem, apesar de ninguém na sua família nem na do seu marido ter olhos verdes, ele nasceu com os olhos verdes e futuramente veio a ser pastor.

Entre o nascimento e o ser pastor, a história do filho da dona Miralda tinha tudo para continuar colorida e cheia de vida... se a jovem Miralda não tivesse, após alguns anos, vindo a falecer, sua família não tivesse se desintegrado, ele não ter entrado em depressão, pensado em suicídio, duvidado da existência de Deus e por pouco não ter apenas não se tornado pastor, mas se condenado ao inferno.

Esse é um pedacinho da história do Pr. Lucinho. Quem olha para ele gritando "Jesus Freak" não imagina a história que o levou a ser um. O testemunho dele não fala, necessariamente, sobre os feitos do Lucinho para Deus, mas, sim, dos feitos de Deus para o Lucinho!

Com o testemunho dele, como de tantos outros, posso observar que uma das formas que Deus mais usa para realizar grandes milagres, moldar caráter e nos preparar para grandes obras é nos submetendo às provas mais "punks". Não porque Ele não nos ama ou quer nos machucar, mas porque Ele tem um propósito maior e acredita que somos capazes de cumprir a missão.

Em vídeo, o testemunho completo.



26/02/15

Filme: Desafiando gigantes

 " Nunca desista, nunca volte atrás, nunca perca a fé"

Capa do filme
Sinopse: Nos seus seis anos como técnico de futebol americano de uma escola, Grant Taylor nunca conseguiu levar seu time Shiloh Eagles a uma temporada vitoriosa. E ao ter que enfrentar crises profissionais e pessoais aparentemente insuperáveis, a idéia de desistir nunca lhe pareceu tão atraente. É apenas depois que um visitante inesperado o desafia a acreditar no poder da fé, que ele descobre a força da perseverança para vencer.

Desafiando Gigantes foi produzido em 2006 e teve uma grande aceitação por parte do público em geral. É um filme bastante conhecido, que tem como temática a nossa fé. Para quem ainda não assistiu é uma boa recomendação, mas para aqueles que já viram, gostaria de dar ênfase em dois momentos da história que tocaram o meu coração.

O primeiro momento é quando Brooke, a mulher do técnico Grant, suspeita que está grávida, algo que o casal ansiava havia bastante tempo, mas que nunca tinha se concretizado. Ela então faz um exame de gravidez, porém recebe um resultado negativo. O que eu acho mais bonito nessa cena é que mesmo estando triste por não conseguir realizar o sonho de ser mãe, Brooke diz: “Eu ainda amo o senhor“. Muitas vezes em nossas vidas passamos por momentos difíceis, momentos de tristeza e dor, e na maioria desses momentos nós culpamos a Deus por tudo, ao invés de confiarmos nEle. Independente de qualquer situação que passemos, Deus continua sendo Deus, Deus continua sendo bom e Ele sempre tem o melhor para nós.

Rendei graças ao Senhor, porque o Senhor é bom e Sua benignidade dura para sempre”.  (1 Crônicas 16:34 )

O segundo momento envolve uma conversa entre David Childers, um jogador recém escalado para o time Shiloh Eagles, e seu pai. David se sente inseguro e não se considera um grande jogador, é ai que surge o seguinte diálogo:

Pai: “David, eu peço a Deus desde que você era bebê, para que Ele mostre o quanto é forte na sua vida e que através de você as pessoas vejam como Ele é bom”.

David: “Então por que Ele me fez tão pequeno? E fraco?”.

Pai:Para mostrar o quanto Ele é poderoso

Precisamos reconhecer e mostrar que somos dependentes de Deus, Ele é quem tem todo poder, Ele é que nos ajuda a conquistar nossos objetivos, não porque merecemos, mas porque Deus nos trata com uma infinita misericórdia.


As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim” (Lamentações 3:22)


25/02/15

Louvor: Ele nos ama


How He Loves, "Como Ele Ama", é um das músicas mais louvadas por cristãos dos últimos 10 anos. Mas como será que isso veio acontecer? Será sua letra, a qual expressa profundamente o amor de Deus? Será o arranjo instrumental que é intenso e atual? Será a finalidade pela qual foi criada?
 Não creio ter essas respostas, mas acredito que o Espírito Santo queira nos ensinar algo a respeito sob a ideologia da música. Portanto, gostaria de compartilhar algumas observações sobre está canção.

Música composta por John Mark McMillan, inspirando-se em suas orações com Deus após a perca trágica de um amigo. Ao contrário do esperado sentimento de tristeza e saudades, a letra de John, How He Loves, retrata o grande amor de Deus com profundidade e a estética de uma linguagem poética bem caprichada. Trazendo então à luz, a verdade de que é maravilhoso ser amado por Deus. Ao ponto de dizer em tom de proclamação :
"I don`t have time to maintain these regreats when I think about, the way, He Love us !" 
(Não Tenho tempo pra perder com esses pesares quando penso no jeito que Ele nos Ama)

Isto já nos leva a entender um ponto chave desta canção. É uma arte que expressa bem um relacionamento íntimo com Deus. Tal qual é o estilo de vida que sinceros cristãos buscam, uma vida de adoração.
 Outro ponto que me chama muito a atenção nesta canção é o uso, do "us" (nos), no refrão "He love us, oh how", (Como Ele nos ama). Este (nos) que não esta presente nas regravações brasileiras de maior evidência carrega uma importância a qual deveríamos dar maior valor. Pois o (nos) traz a ideia de unidade, de que somos um em Cristo, de que Ele morreu na Cruz não exclusivamente por mim, mas para Salvar o Mundo! Algo que tem de voltar a estar presente nas músicas congregacionais brasileiras, mas isto é um assunto que irei expor melhor em outro post.
 Este (nos), não simplesmente caracteriza a música de John como congregacional, o que pode ser um bom motivo de ser entoada em todo mundo, mas é um norte para a vontade de Deus, algo que o Espírito Santo insiste em dizer ao longo destes anos, um ponto referencial de que nós igreja do Senhor precisamos nos ater !

Olha o que Jesus orou, dias antes da crucificação:

 "Eu não estou mais no mundo; mas eles estão no mundo, e eu vou para ti. Pai santo, guarda-os no teu nome, o qual me deste, para que eles sejam um, assim como nós."  (João: 17. 11)   JFA

Desafio você caro leitor, a experimentar uma sensação maravilhosa na presença do Senhor, em fazer como no vídeo acima. Reunir amigos com um mesmo propósito de buscar a Deus, dar as mãos como numa oração e louvar com toda intensidade do seu ser, não perdendo a oportunidade de bradar o verso do refrão: COMO ELE NOS AMA !!!!!!!!

Fiquem na paz e até a próxima,

24/02/15

Carne, sangue e feitiço - onde você se encaixa ?

“E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. (Gênesis 1:27)


“Não vejo a hora do grande apocalipse Zumbi”. Pode ser que essa frase não surta nenhum efeito para você que a lê nesse momento, porém essa frase tem um poder muito grande na nossa sociedade. Enquanto analisava uma série famosa na TV por seus zumbis, um versículo da palavra de Deus me veio a mente: “E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou." (Gênesis 1:27). E penso, como o homem pôde transformar tanto a “imagem de DEUS” em pseudo-homens que rastejam, que respiram a morte, seres que somente se importam com a carne, a mesma carne que a palavra do SENHOR diz que não devemos cobiçar: “Digo, porém: Andai pelo Espírito, e não haveis de cumprir a cobiça da carne. (Gálatas 5:16)”, talvez você não se importe com seriados de zumbis, porém ama os vampiros, Ah os Vampiros! São seres tão adorados nos dias de hoje, são aplaudidos de pé, pelo simples fato de viverem a procura de sangue, sangue que corre nas nossas veias, sangue que você doa para salvar vidas ou será que eles estão a procura do sangue que salvou a humanidade? Isso mesmo que você entendeu, o sangue derramado lá na cruz: ”Contudo um dos soldados lhe furou o lado com uma lança, e logo saiu sangue e água. (João 19:34). E porque não falar dos bruxos, ah esses eu sei de cor, um feiticinho ali, uma bruxaria aqui, uma invocação acolá, mas a palavra de Deus nos diz: “Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro (Deuteronômio 18:10)”. Dentre todos esses, onde você se encaixa? Ei jovem, se você se encontra como um zumbi, um ser que rasteja em busca da carne, que não consegue conter seus impulsos, eu venho te apresentar a vida no Espírito, a vida com Deus, a vida em que não há morte, o caminho a verdade e a vida, vida abundante: “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância. (João 10:10). Talvez você seja um “vampiro”, a procura de sangue humano, porém quero te convidar a ser um sedento, porque para o sedento o único sangue que pode te fortalecer, é aquele que foi derramado na cruz, aquele que foi derramado pelo cordeiro perfeito, a fonte carmesim está aberta a todos, tenha a certeza que: “Verdadeiramente ELE tomou sobre si as nossas enfermidades, e carregou com as nossas dores; (Isaías 53:4)”, abandone essa vida de vampiro, chega de viver na escuridão e venha para luz, seja sal, seja luz, seja sedento. E o bruxo, existem jovens que vivem sobre maldições, sejam elas físicas ou espirituais, seja depressão, complexo inferior, talvez você viva debaixo de constantes mentiras ou simplesmente a conjuração de palavras de maldição pessoal, porém eu quero te dizer que o Senhor Jesus pode te libertar de tudo isso, porque a bíblia diz: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. (João 8:32)”. Jovem, o Senhor não quer te ver como nenhum desses personagens, exclua isso da sua vida, feche a porta para essas séries em sua vida, abra a porta para o Senhor: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo. (Apocalipse 3:20)”, e assim você poderá dizer como Josué: “Porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor. (Josué 24:15)”

Graça e Paz,




23/02/15

Vamos dar as boas vindas...



O ano começou, estamos apenas no segundo domingo reunidos após férias e temos mais 8 integrantes na área. Mas, as coisas são diferentes : não adianta apenas querer fazer parte, tem que se apresentar!!


Para fazermos as apresentações desenvolvemos uma brincadeira para deixá-las mais descontraídas e engraçadas.


Para que tudo comece, precisaremos de: Um fósforo grande, um microfone, um bombeiro e um extintor. Após todo material completo o novo integrante precisa acender o fósforo e se apresentar enquanto o fósforo estiver aceso. Caso ocorra um incêndio, o bombeiro já está presente.


Não é tão fácil quanto parece, as vezes rola apenas um  "aah eu estudo num sei onde, hmmm tenho um cachorro, hmm aaaaaam éeeeh " mas o bom de tudo é o humor, descontração, perca da vergonha, quebra gelo e o melhor de tudo: que todos possam conhece-los melhor.



Dessa forma desejamos que todos sejam MUITO bem vindos ao nosso ministério e que juntos possamos transformar tudo ao nosso redor. Hoje, mais que amigos, somos uma família em Cristo e conte conosco!!



 "Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união" Salmos 133:1



21/02/15

Re-estréia - blog da galera

 "Faço parte de uma geração que ama Santidade
Faço parte de uma geração que ama de verdade !"


Olá galera e a paz do senhor Jesus  à todos. 

O blog está de volta !! Com muitas novidades (repararam no design?!) e o intuito dessa ferramenta é que juntos possamos aprender, nos divertir e estar mais perto de quem é digno de toda honra e toda glória. Trataremos de diversos assuntos e questões de ótica Cristã. O jovem hoje faz uso das mais diversas mídias para se relacionar, divertir; até estudar ou trabalhar e com o blog queremos que também através da mídia muitos possam ser edificados e transformados. 

Temos dito e aprendido que para ser jovem alegre, não é necessário comer dos manjares do rei, mas nos divertir na presença do Senhor e ser louco por esse Jesus sem hora para acabar, o que é completamente maravilhoso - e sem ressaca viu?! - estamos sempre prontos para mais uma aventura e adoração, porque Deus é bom demais!!


Equilíbrio é tudo na vida de qualquer pessoa, e ser um jovem Cristão saudável, também é dosagem,  somos adoradores, louvamos para Jesus, nos divertimos, rimos e temos até guerra de sabão e tinta, mas tudo com a certeza de que Deus está a frente de tudo e de todos nossos caminhos.


E para re-estrear com tudo, aqui fica algumas fotos do nosso acampa 2015, foi demais, pois como diz em Eclesiastes 11:09  "Alegra-te Jovem, na tua mocidade e recreie-se o teu coração nos dias da tua juventude "

Vamos começar 2015 aqui no blog com tudo.

Fiquem na paz,

04/09/12

Seja como uma criança.

 - Não vejo a hora de fazer 18 anos e fazer tudo o que eu quiser, sem ninguém me encher as paciências - dizia uma jovem, ou a maioria dos jovens.

 Por fim, você cresce, faz 18 anos e o que muda são: suas responsabilidades, problemas que aumentam, e o tempo que se torna cada dia mais curto, pois, chega a fase de começar a trabalhar, entrar na universidade, se dedicar a igreja, família e etc. o que torna sua responsabilidade maior e seu tempo escasso.
 Nada é como você pensava, ' a idade das maravilhas', pelo contrário, é a idade em que você precisa ser maduro o suficiente para arcar com todas suas novas responsabilidades.
 Porém, em Mateus 18:3 a bíblia nos diz "Em verdade vos digo que se não seres como crianças, de modo algum entrarás no reino dos céus"

  O que seriam, ser como criança? Ser infantil e fazer birra ao ser ordenado a fazer algo?
  A resposta com certeza, é não! Embora temos que ser maduros ao chegar a uma certa fase da nossa vida, deixar de lado as meninices e agir como adultos. O Senhor, quer que sejamos como crianças, e isso não significa fazer birra quando o pastor nos corrige, ou pirraçar o líder quando não se ganha um solo. Ele quer que sejamos puros de coração e que o adoremos de verdade. Assim como uma criança que pega sua pastinha e corre para louvar (muitas vezes ela nem sabe o que a letra diz) e louva sabendo que está agradando ao Deus que tanto ama.

 Quando uma criança faz birra, se joga no chão, faz malcriação, ela não faz por maldade, não sabe que aquilo não se deve fazer, ate que seu pai a corrija. Mas nós, que somos conhecedores de nossos atos, devemos ser puros de coração como uma criança, ao adorar o Senhor, entregando o nosso melhor louvor, nossa melhor adoração e não fazendo birra.

  Testemunho: Certa vez, em uma das aulas que dei às crianças. Uma menina, que aparentava ter seus 6/7 anos, veio contar um testemunho exatamente com essas palavras " Eu tinha um cabelo ruim, durinho e minha mãe não tinha dinheiro para arruma e meus amigos da escola falavam mal de mim, mas um dia Deus ajudou a minha tia, que me levou a um cabeleireiro, e fez uma progressiva em mim, agora meu cabelo está lindo, lisinho olha .... ( mostrou seus cabelos lisos) e foi Deus que ajudou.

  Será que nós conseguimos ser crianças, ao ponto de agradecer a Deus pelas pequenas coisas? Para você uma progressiva pode não ser nada, mas para aquela criança, era tudo e foi Deus quem a deu aquele presente e ela ficou tão feliz, que foi compartilhar com todos os amiguinhos o que Deus havia feito..

 Seja maduro em suas atitudes, mas seja como criança, puro de coração, não guardando mágoa de quem um dia te fez algo, perdoando, sendo sincero, não tendo malícia, não sendo irônico, hipócrita, mentiroso mas adorando a Deus de todo o seu coração e amando o sempre o seu irmão.