30/06/2015

O perigo de perder o Espírito Santo e o temor a Deus
Mocidade Nova Vida22:11 0 comentários


O Espírito Santo atua em nossas vidas das mais diversas formas, uma delas é nos orientando no que devemos ou não fazer, porque é Ele quem nos convence do pecado e que possui a tarefa de nos deixar parecidos com Cristo através da produção dos Seus frutos em nós.

Já quando falamos em temor a Deus nos referimos à obediência que devemos ter a Deus. A primeira coisa que deve nos motivar a obedecer a Ele deve ser o amor e respeito que temos por Ele ser quem Ele é – O Deus todo poderoso, criador dos céus e da Terra e de tudo que nelas há - no entanto não podemos deixar de considerar que Deus nos deixou regras a serem seguidas e, também, por temor as consequências advindas a desobediência delas devemos obedecê-lo.

Quando o cristão perde o Espírito Santo e o temor a Deus ele está fadado ao fracasso, em última instância pode ser comparado a um ímpio, pois, o que é  um cristão sem um norteador, sem respeito Aquele que o criou e aos seus limites preservadores? É um inconsequente cego e enganado pelo próprio ego.

Inconsequente, pois perde a noção do certo e errado estipulados por Cristo, logo não consegue vislumbrar quais serão as consequências de seus atos. Cego, pois sem a luz de Cristo passamos a andar em trevas. E, por fim, enganado pelo próprio ego, pois dentro dessa situação dar-se liberdade ao ego, ao próprio eu, para guia-lo em suas atitudes e decisões, para dizê-lo o que está correto ou não, e, não poucas vezes, esse o diz que suas atitudes errôneas são as corretas, pois querendo ou não estarão agradando a carne, e, o eu nada mais é do que a própria carne. E assim pouco a pouco a vida espiritual desse cristão vai morrendo.

Precisamos dia após dia vigiarmos em todas as nossas atitudes e escolhas, para não perdermos o temor a Deus, tão pouco o Espírito Santo. Todos os dias, da hora que acordamos à hora que dormimos tomamos atitudes e fazemos escolhas, tais podem favorecer a carne ou ao espírito, aquele que tiver maior “regalia” e espaço, esse prevalecerá. Devemos sempre nos autoquestionar: “Quem eu quero que ganhe hoje, a carne ou o espírito?”.


Quem vencer essa batalha dia a dia te conduzirá para um lugar, que pode ser tanto o céu como o inferno. Agora você pode escolher quem vence, mas no amanhã não poderá escolher a recompensa pelo caminho seguido.

*Reflexão feita com base em Salmos 36

Deus os abençoe!

0 comentários

Postar um comentário