04/06/2015

Série - Ritmos e estilos musicais: História da música cristã no Brasil
Mocidade Nova Vida12:40 0 comentários


Agora é pra valer !

Sabendo que existem inumeráveis estilos e ritmos ao redor do mundo, seria uma tarefa impossível abordar tantos assuntos em menos de 10 anos de série, sendo que nem “Friends” pode durar tanto tempo (risos). Resolvi me contentar abordando por um contexto sociocultural e histórico isolado, ou seja, a diversidade da música cristã no Brasil, com suas principais influências culturais nacionais e estrangeiras.

Não poderia iniciar nossa "PlayList" de outra maneira a não ser contando um pouco do início da música cristã no Brasil! Quase não existem relatos da presença de música cristã no Brasil até o final do século XIX. Mesmo com forte presença da Igreja Católica Apostólica Romana espalhada pelo país desde o período colonial, a história não nos conta uma difusão expressiva da música sacra e o “Canto Gregoriano” em nossa sociedade.

Com a crescente chegada de missionários protestantes no final do século XIX, os quais trouxeram suas músicas, podemos dizer que nasce a música cristã no Brasil. Suas músicas trouxeram para nós inúmeras influências, e a principal delas é o que chamamos de Música Clássica.

Música Clássica​­ tais como nessa Interpretação de André Rieu:


"Mais perto quero estar" - 187 Harpa Cristã


Valsa - A valsa também é classificada como música clássica, mas num ritmo mais alegre dançante. Esse estilo era um ritmo contemporâneo presente em todos os bailes da época. No entanto a junção com letras cristã transformou-se em um bolo arsenal de músicas congregacionais.


"Fala, Jesus Querido" -­ 151 Harpa Cristã


Marchinha - No começo do século XX a música cristã começou a ganhar uma difusão expressiva com as marchinhas de desfiles de rua, as quais são herança militar. A versão do Renascer Praise do hino "Os Guerreiros Se Preparam" - ­ 212 Harpa Cristã, ilustra bem essa referência.

"Os Guerreiros Se Preparam" - ­ 212 Harpa Cristã


No Decorrer do século XX, com a popularização de todos os gêneros de músicas devido a evolução da mídia gravada, e a presença delas nas rádios, foi desta maneira que os estilos musicais naturais do Brasil como o sertanejo e o forró se popularizaram e chegaram às igrejas de todas as regiões do país, principalmente nas igrejas de seguimento pentecostal, as quais não se prenderam muito a uma tradição, mas deram espaço para suas raízes culturais passarem a ser ferramentas de que dão frutos a Deus.

Sertanejo:
 "Povo barulhento" - Shirley Carvalhaes


Forró:

"Lugar de glória" - Elias Silva


Pessoal, está aí nossa "PlayList", com uma palinha do início e do rumo que a música cristã tomou no Brasil. É claro que tenho descrito estes acontecimentos de maneira extremamente superficial.

Os Próximos posts desta série farão menção a ritmos e estilos mais contemporâneos, não em uma linha histórica, mas buscarei apresentá-los segundo seu contexto social. E tenho que dizer que tem dado bastante trabalho… mas sé pra Deus tem que ser com Excelência ^^

Então …. Aguardem !!!
E curtam esta página que indico !!!

Até a próxima, pessoal!

0 comentários

Postar um comentário