13/10/2015

Pai, me livra daquele homem mal!
Mocidade Nova Vida19:29 0 comentários


Na sua próxima oração, quero te desafiar a começar orando dessa maneira: Deus me livra daquele homem maldoso, que só pensa nele mesmo. Me livra daquele homem que muitas vezes ama mais as coisas do que as pessoas. Me livra daquele homem que cobiça, que quase sempre quer se vingar quando alguém lhe faz algo e não sabe perdoar porque ele é orgulhoso. Deus livra-me de mim!

É tão complicado iniciar uma oração dessa forma, assumir as nossas fraquezas diante de Deus e pedir para que Ele nos ajude. Parece tão difícil! Costumamos apenas orar pedindo para que Ele nos ajude a caminhar e que abençoe os nossos sonhos e projetos de vida. Pedimos que Ele cuide de nossas famílias, dos nossos amigos e muitas vezes esquecemos de orar pedindo para que Deus mude o nosso caráter,  mude a nossa forma de viver, de olhar todas as coisas.

Muitas vezes olhamos apenas para os problemas do nosso próximo, apenas queremos encontrar os defeitos que ele tem e esquecemos que nós temos os mesmos defeitos ou até defeitos piores, mas a trave que está em nosso olho, não nos permite enxergar isso.

Jesus nunca chegou a você e apontou o seu erro, nunca quis se mostrar superior a nós, um exemplo disso está no momento em que várias pessoas vieram para apedrejar a prostituta e Ele disse que quem não tivesse pecado fosse o primeiro a atirar a pedra. Jesus naquele momento era o único que poderia lançar a pedra naquela mulher, porque o pecado não habitava n’Ele, mas Ele teve compaixão! Ele não acusou, Ele amou. Ele desceu dos céus e se fez parecido conosco para nos mostrar como caminhar, e mostrar que é possível viver sem apontar o erro de ninguém para se sentir melhor e amenizar as suas próprias falhas.

Essa luta sempre será travada dentro de nós, porque o pecado está presente em nossas vidas, e por causa disso agimos com tanta prepotência e orgulho. Em Romanos 7:16-20 Paulo nos fala que o bem que queremos nós não fazemos, mas o mal que não queremos, esse sim, nós fazemos.


Jesus está disposto a mudar isso e te ajudar nessa caminhada, colocando o fruto do amor dentro do seu coração. O amor ao próximo é a chave de todas as coisas, porque no amor não existe orgulho nem inveja. Que Deus nos ajude a ter amor pelo nosso próximo e a reconhecermos as nossas falhar antes de apontar qualquer erro de outra pessoa. Que ao invés de pegarmos pedras para tacar, nós possamos abrir os braços para abraçar e ajudar o nosso próximo.

Fiquem na paz!

0 comentários

Postar um comentário